26 setembro 2009

vejo-te pelos cantos da casa.

Parte II

eu sei onde me posso perder, eu sei onde te posso encontrar…mas ao mesmo tempo, eu não sei nada de tanta coisa.


os meus pensamentos passeiam pelas ruas, sorriem e assobiam como uma criança.
dizem-me que hoje estou feliz.
revejo-te comigo, vêm-me á memória os nossos momentos ternurentos.
entre palavras de mel e doçura, lembro-me dos miminhos e dos olhares, dos afagos e dos sinais de conforto e amparo.
duas mãos unidas, um olhar tímido, os batimentos do coração como banda sonora, um beijo como resposta…contemplamo-nos sem fim, sem pensar no dia de amanhã.
as tuas mãos na minha face, a luz nos teus olhos, as minhas mãos no teu cabelo, o vento que nos rodeia…o amor que nos une.
nesta magia a vida parece ter outro sentido, deixa-se a porta da felicidade entreaberta, o sofrimento, a dor, a angústia…tudo isso e tudo o resto estão arrumados num baú.
és o guardião da chave de ouro e eu a fragilidade do mundo, ambos vivemos na ambição da esperança.
temos uma viagem por percorrer, sei que nos vamos cruzar com as astutas luzes da insegurança, com o sedutor medo e a falsa ambição da dúvida.
mas também sei que estás cravado ao meu coração tal um alfinete está pregado a uma blusa.
enfrentaremos tudo juntos porque os sentimentos desmoronam as fronteiras e a distância.
eu penso sempre que estás aqui comigo, porque sei que estás e sempre estarás.
a tua presença é suprema, sinto-te a toda a hora…vejo-te em cada segundo…ouço-te em todos os meus sonhos…

os teus olhos serenos dentro dos meus olhos afáveis.
as tuas mãos confiantes entrelaçadas nas minhas mãos frágeis.
repousamos assim num desbravado sorriso …
“hoje eu sei que te amo.”

19 comentários:

Marilena' disse...

está liindo +.+

Marilena' disse...

o mesmo digo aos teus +.+

Ape disse...

bem, estou um pouco sem palavras. porque esse texto podia perfeitamente ter sido escrito por mim.. não hoje, mas em dias mais nostálgicos. o meu romance já terminou há algum tempo, agora tenho sentimentos mais serenos..espero que contigo se passe o mesmo :)

Helena Gomes disse...

Lindo :')
Desculpa a invasão.

JO disse...

É MÁGICO :3

matilde disse...

está lindo (:
sabe mesmo bem, não sabe? +.+

matilde disse...

concordo, mesmo mesmo! *

matilde disse...

ahah, sim. O amor é fantástico, mas também pode ser bastante frustrante (:

Isobel disse...

muito obrigada, muito obrigada mesmo (':

Laila disse...

Oh Silvana o amor faz-te ficar muito poética :D

Gostei mesmo do texto, continua a escrever assim.

Estou muito orgulhosa sim sim :P

Adorote

David Marinho disse...

É uma estreia absoluta no teu blog e por sinal eu gostei. Muito sentimento, muito amor e isso faz sempre falta ao Mundo. Continua que isso é sempre qualquer coisa que recompensa.

Beijinho

Lara disse...

gostamos muito de gostar! Mas o melhor é rever o quanto gostamos de alguém! :)

eduarda disse...

tão bonito :') *

Papillon disse...

Muitíssimo Obrigada**
O mesmo se aplica a ti. Que textos delíciosos**
Beijinhos

marian disse...

Precisamos todos de não fazer nada.

P' disse...

Perfeito *_*

Maggie's Farm disse...

O "Fica comigo esta noite" foi o único livro que li dela, encontrei-o um dia no meio dos livros dos meus pais e por alguma razão decidi ler. Só sei que mal começei a ler não parei, fiquei a tarde toda a le-lo e a rele-lo. A escrita dela prendeu-me completamente.

Adorei a maneira como descreveste as coisas e a imagem adequa-se ao texto.

Diogo Gonçalves Silva disse...

obrigado pela tua mensagem.
é bom saber que ainda há pessoas que se preocupam com isso.
gosto do teu blog.
beijinho

Patricia disse...

"os teus olhos serenos dentro dos meus olhos afáveis.
as tuas mãos confiantes entrelaçadas nas minhas mãos frágeis.
repousamos assim num desbravado sorriso …
“hoje eu sei que te amo.”"

Bastante forte,bastante sentido.
Parabéns *