20 abril 2011

O outrora mora em mim.

Percorro aquelas ruas desconhecidas, em busca de um pouco de sossego.Quero esquecer-te, nem que por breves instantes.O sol ilumina-me os fios de cabelo, não há ninguém ao meu redor, sinto uma leve brisa congelar-me as pernas, o dia escurece então.Preciso de me descolar de ti, porque raio continuo a sentir que ainda somos o que éramos?!Decido andar, não quero permanecer ali, perdida e desamparada…quero encontrar um lugar.Lugar esse que me faça esquecer do que um dia foste e já não és.O vento insiste em perdurar, abraço o meu corpo em busca de algum calor.

“Talvez já tenhas encontrado esse lugar…essa “casa” que te ampara e te protege, casa essa que te faz esquecer o outrora…talvez já não tenhas razão para procurar mais…"

9 comentários:

Patríciaa ♥ disse...

mesmo querida e é isso que eu tento fazer (:

Patríciaa ♥ disse...

exactamente ! por isso é que escolhi aquela imagem, diz mesmo isso :)
mas claro, custa sempree, infelizmente :s

abc disse...

É verdade, nada melhor. Obrigado! :)

Força, um dia o vento levará tudo :) **

Patríciaa ♥ disse...

obrigada minha querida, para ti tambem (:

Gonçalo disse...

Adorei o teu texto :)

simple writer disse...

com o tempo o que ainda sentes irá desaparecer :)

Mafalda disse...

Esta lindo. adoro a maneira como escreves*

abc disse...

Mesmo :)

simple writer disse...

o que eu escrevi é tudo completamente fictício, não tem nada a ver com o que eu estou a viver nem para lá caminho tão cedo xD simplesmente saiu :)